Bazar beneficente da Associação ‘Nóis Fazendo Arte’ segue até o próximo domingo

O bazar beneficente que acontece na Rua Prefeito Chagas, 13, no centro de Poços de Caldas encerra-se no próximo domingo. Organizado pela Associação Nóis Fazendo Arte, o bazar conta com diversos artigos como tapetes em barbante, acessórios, sabonetes, panôs para parede trabalhados à mão e novidades para presentear. Parte da renda será destinada à confecção de perucas e de lenços para mulheres, que, por causa do tratamento com quimioterapia perderam os cabelos. É uma medida importante de resgate da autoestima e que auxilia na recuperação, segundo especialistas.

 

A entidade tem 23 artesãos associados e têm atuado de forma igualitária com foco na economia solidária dando acesso a todos em exposições e eventos com possibilidade de comercialização dos produtos, até mesmo representando o artesanato de Poços de Caldas fora da cidade.

 

Desta vez a presidente da Associação, Jéssica Rhayane Ivo fez uma parceria com a Fundação Laço Rosa de apoio aos pacientes em tratamento do câncer que têm acompanhamento em Poços no Unacon (Unidade de Atendimento de Alta Complexidade em Oncologia), que funciona no Hospital da Santa Casa e oferece serviços a pessoas de toda a região com os mais diferentes tipos de câncer.

 

O espaço de uma loja foi emprestado e a ideia é levar o bazar para outros locais e manter as peças em exposição valorizando o trabalho dos artesãos assim como dar maior condição de manter a parceria dentro da campanha de auxílio às pacientes. Neste local o bazar começou no dia 08 e vai até o próximo domingo, dia 18, em horário comercial.

 

A Associação Nóis Fazendo Arte foi reestruturada há quase quatro anos. A intenção é também oferecer um café solidário, uma vez ao mês para o que chamam de contato amigo com as pacientes e ainda possibilitar oficinas de aprendizado, a fim de dar novo sentido na vida de quem passa pelo tratamento do câncer. “Nos sensibilizamos com o trabalho desenvolvido pela Fundação Laço Rosa e resolvemos unir forças já que a arte e o artesanato são transformadores. Por isto convidamos as pessoas a virem conhecer nossos trabalhos assim como as ações em prol de quem precisa de atenção num momento de fragilidade”, afirmou a presidente da Associação Nóis Fazendo Arte.

 

O núcleo de trabalho da Fundação Laço Rosa foi iniciado no ano passado por iniciativa de Patrícia Gil, em Poços de Caldas. Desde então, o projeto doa perucas para mulheres em tratamento que solicitam ajuda no núcleo de assistência, com o objetivo de elevar a autoestima das pacientes e disseminar ainda mais informações sobre as causas, diagnóstico precoce e tratamento do câncer de mama.

Comentarios está fechado.

Redes Sociais

Twitter

Parceiros