Mesa inédita sobre velhice e literatura é anunciada no Flipoços 2018

Com o tema “A literatura & outros saberes”, o Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços, anuncia alguns convidados da 13ª edição, que acontece entre os dias 28 de abril e 06 de maio de 2018 e abre o calendário anual de festivais literários no país. Entre as mesas inéditas que o festival terá, uma delas tratará sobre velhice, no ciclo “Literatura, Saúde e Bem-Estar”.

 

Já está confirmada a palestra de Maria Célia de Abreu, que falará sobre o livro “Velhice- uma nova paisagem”. A obra, da editora Ágora, tem prefácio do professor Mário Sérgio Cortella e trata das visões e ideias preconcebidas acerca dos idosos. A mediação será de Ivani Cardoso.

 

Conforme a escritora, estima-se que até 2050 os brasileiros com mais de 60 anos sejam 66,5 milhões de pessoas, ou seja, 30% da população, por isso, partindo de estudos teóricos sobre a psicologia do envelhecimento e de vivências colhidas em grupos de estudos, ela propõe que a vida passe a ser encarada como uma estrada que percorre diversas paisagens diferentes – nem melhores nem piores do que as outras.

 

A autora é paulista, formada em psicologia pela Universidade Católica de São Paulo (SP), onde também fez mestrado e doutorado na área  e desenvolveu projetos pioneiros como a criação do Laboratório de Psicologia Experimental e do Serviço de Apoio Pedagógico ao Professor Universitário (Sedape). Fundou e coordena até hoje o Ideac – cujo foco principal, desde 1992, é a psicologia do envelhecimento.

 

Outros ciclos e mesas confirmadas

 

Além deste ciclo, já está confirmada a palestra com a jornalista Daiana Garbin, o psiquiatra e professor Daniel Martins de Barros e a jornalista Lígia Guerra, que falarão sobre “O papel da literatura como aliada ao bem-estar e à saúde”.

 

Pautado pela diversidade de temas e pluralidade de convidados, em 2018 o festival terá mesas que vão discutir literatura e política, bem-estar, literatura indígena, literatura e jazz, literatura marginal e periférica, com a presença já confirmada do rapper Dexter para um show no Encontro de Hip-Hop e Arte da Periferia, literatura lusófona, além da novidade para 2018, que é a mesa “Literatura Noir”, a mesa de artes plásticas, entre outras, até então, inéditas no evento.  Também já estão confirmados os autores Walter Macedo, Lucão e Chiu Yi Chih.

 

O Flipoços destaca-se pelo compromisso com o incentivo à leitura, recebendo anualmente cerca de 50 mil pessoas no festival, que tem duração de nove dias. Em 2017, mais de 80 autores nacionais e internacionais passaram pelo festival, que recebeu a inédita comitiva de sete escritores moçambicanos e contou com 120 atrações diferentes.

 

O Flipoços


O Flipoços 2018 e a 13ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas são realizados pela GSC Eventos Especiais e acontece no Espaço Cultural da Urca, com atividades em outros espaços também. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.flipocos.com

Comentarios está fechado.

Redes Sociais

Twitter

Parceiros