Apresentação em homenagem ao centenário de Elizeth Cardoso é realizada nesta quinta

Nesta quinta-feira, 03, às 18h, o instrumentista Henrique Perina apresenta um show para homenagear a diva da música brasileira Elizeth Cardoso. A apresentação será pelo canal Poços Curte em Casa no YouTube. 

2020 é o ano marcado pelo centenário do nascimento de Elizeth Cardoso (16 de julho de 1920) e, ao mesmo tempo, os 30 anos do seu falecimento (07 de maio de 1990). Conhecida como ‘A Divina’, Elizeth é considerada uma das maiores intérpretes da música brasileira de todos os tempos, reverenciada pelo público e pela crítica nacional e internacional. Referência para o gênero do samba-canção desde o início da década de 1950, lançou, em 1958, o álbum “Canção do Amor Demais”, com músicas de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, considerado o ponto inicial da Bossa Nova. Também se dedicou a interpretar os sambas tradicionais de morro, consagrando-se como uma das principais cantoras de sua geração, responsável por influenciar diversas vozes que surgiram posteriormente. Elizeth Cardoso lançou mais de 40 LPs no Brasil e gravou vários outros em Portugal, Venezuela, Uruguai, Argentina e México. Muitas das canções foram compostas para a própria artista, como “É luxo só”, de Ary Barroso, e “Canção do amor demais”, de Vinicius de Moraes. 

O músico Henrique Perina, além de valorizar a música instrumental com arranjos criados para violão em interpretações das canções de grandes compositores brasileiros que consagraram ‘A Divina’, também conta um pouco da trajetória da artista, propondo um passeio pela genialidade e o saudosismo deixado por uma das mais importantes cantoras brasileiras. 

Segundo ele, “Elizeth, durante décadas, emocionou plateias com lindas interpretações de canções que se tornaram clássicos da música brasileira, e como sou instrumentista, preparei um repertório especial para guitarra que traz esta singela homenagem para comemorar seu centenário”. 

A ação foi produzida com recursos da Lei Aldir Blanc (Lei Federal 14.017/20) e tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Poços de Caldas. 

Comentarios está fechado.