Arte Ziriguidum abre exposição ‘Produto Disruptivo’ nesta quinta

Nesta quinta-feira, 13 de maio, o Arte Ziriguidum abre suas portas para o público conhecer a exposição ‘Produto Disruptivo’, da artista plástica Dalmoni Lydijusse. A entrada é gratuita, mediante agendamento prévio. Além disso, durante a semana também serão realizadas três lives com transmissão pelo Instagram @arteziriguidum.  

Estão previstas ainda a realização de três lives para divulgação da exposição, que teve produção coletiva das pessoas retratadas. Na quarta-feira (12), às 20h, Dalmoni conversa com Tomiko Born, assistente social, referência no país em gerontologia. Na quinta-feira (13), às 11h, a convidada é a arquiteta e curadora da exposição Esther Cervini. E no mesmo dia, às 20h, é realizado outro bate-papo, com a pedagoga e mestre em educação, Beatriz Sales. As três têm um papel importante no processo criativo da exposição. 

O objetivo das lives é divulgar o trabalho singular e disruptivo de cada um dos convidados e também convidar as pessoas a visitarem o Arte Ziriguidum, que, devido à pandemia, não teve qualquer trabalho exposto há mais de um ano. Além destas lives, outros três encontros com bate-papos estão previstos para serem realizados ainda no mês de maio. 

As convidadas

Tomiko Born é filha de imigrantes japoneses, nasceu e cresceu em São Paulo, SP. Seus pais imigraram em 1925, após um grande terremoto que destruiu Tóquio e arredores. No Brasil, inicialmente trabalharam como colonos, numa fazenda de café. Depois de dois anos mudaram para São Paulo e passaram a morar no bairro da Liberdade que já adquiria feições de um bairro japonês. Fez seus estudos em escolas públicas, e pós formar-se assistente social na PUC de São Paulo, estudou como bolsista na Universidade de Columbia onde obteve o grau de mestre. Posteriormente, outra bolsa de estudos levou-a ao curso de Política Social no Instituto de Estudos Sociais, na Holanda, tornando-se uma das maiores referências no país em Gerontologia. A convite de Rubem Alvez, reside com seu marido alemão Hans Born em Caldas, desde 2013. 

Esther Cervini é arquiteta e urbanista pela PUC Campinas, mestre em Artes Visuais pelo IA UNESP SP, doutora em urbanismo pela Fau PUC Campinas. Atualmente leciona no Curso de Arquitetura e Urbanismo da PUC Minas Poços de Caldas e trabalha como arquiteta em seu Atelier de Arquitetura. Desde 2008 participa de atividades artísticas no Arte Ziriguidum realizando formação em desenho e pintura. Participou de algumas exposições individuais e coletivas na região. 

Beatriz Sales da Silva nasceu nas mãos da sua avó paterna Dona Chiquita, em 27/09/65, dia de São Cosme São Damião. Considera que a vida lhe deu muitos professores, como sua família, sua filha Juliana e seu neto Samuel que está a caminho. Também no Grupo Escolar David Campista, Escola Estadual Virginia da Gama Salgado, Colégio Pio XII, CESEC Professora Heloísa Lacerda, PUC Poços de Caldas, Faculdade de Educação UNICAMP. Talvez o maior aprendizado tenha sido aprender a escrever em primeira pessoa. Ensinamentos para a vida ela apreendeu em sua passagem pela Casa das Bonecas, Super Mercado San Michel, CEPOC, Escola Municipal Dr. Haroldo Afonso Junqueira e os 19 anos na Superintendência Regional de Ensino de Poços de Caldas. Pedagogia, fotografia, Povo Xucuru Kariri. Espaço Reiki Arcanjo Miguel, Biodança, Ypê amarelo, Seak, Uniâo Fraternal, a medicina, os desvios. Foram muitos Professores. Tudo isso junto misturado fazem dela uma poços-caldense que enxerga na Educação a matéria prima para partejar uma nova humanidade que não desista do ser humano. Onde existe Educação há esperança do verbo esperançar. Esperança é hoje! 

A exposição  

A exposição Produto Disruptivo traz a fase criativa da artista plástica Dalmoni Lydijusse neste momento de retomada ao seu processo de criação, absorvido nos últimos tempos pela rotina de aulas e intermediação dos processos de outros. As visitas podem ser feitas até o dia 13 de julho. 

Produto Disruptivo traz nove retratos em pinturas criadas pela artista plástica, e também, nove textos escritos por cada uma das nove pessoas retratadas. A experiência subjetiva desse encontro das duas linguagens, a leitura da imagem, mais a leitura do texto, pretende levar o público a uma experiência da imaginação. 

Dalmoni se utiliza do termo disruptivo, normalmente ligado à área da inovação e tecnologia, para fazer referência às pessoas disruptivas, aquelas capazes de propor inovações em patamares totalmente diferentes, especialmente para sua vida, seu trabalho e para a sociedade.  

Este é um projeto cultural viabilizado com recursos da Lei Aldir Blanc no âmbito do estado de Minas Gerais, Edital LAB nº 15/2020 – Seleção de Espaços Culturais de Apresentação Artística, tem o apoio financeiro da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais e do Governo Federal, através da Secretaria Especial da Cultura / Ministério do Turismo, em produção conjunta do Arte Ziriguidum e da Carvalho Agência Cultural. 

SERVIÇOS 
Live IV Exposição Produto Disruptivo com Dalmoni Lydijusse e Tomiko Born 
Dia: quarta-feira, 12 de maio de 2021 
Horário: 20h 
Plataforma: Instagram @arteziriguigum 

Live V Exposição Produto Disruptivo com Dalmoni Lydijusse e Esther Cervini 
Dia: quinta-feira, 13 de maio de 2021 
Horário: 11h 
Plataforma: Instagram @arteziriguigum 

Live VI Exposição Produto Disruptivo com Dalmoni Lydijusse e Beatriz Sales 
Dia: quinta-feira, 13 de maio de 2021 
Horário: 20h 
Plataforma: Instagram @arteziriguigum 

Exposição Produto Disruptivo 
Visitas sob agendamento. Gratuito e aberto ao público.   
Período: 13 de maio a 13 de julho de 2021  
Horário: 14h às 18h de segunda à sexta, fins de semana sob consulta  
Local: Arte Ziriguidum – Rua Ouro Preto, nº 102, Centro, Poços de Caldas  
Agende seu horário: (35) 99194-3534 / (35) 3715-3534   
Saiba mais: linktr.ee/arteziriguidum 

Comentarios está fechado.