Bandas K2 e 2ºDP lançam financiamento coletivo para lives

Com a paralisação de toda a agenda de shows em 2020, desde o início da pandemia de coronavírus, as bandas poços-caldenses K2 e 2ºDP se únem para oferecer aos seus públicos uma sessão inédita de lives, no dia 20/09, com produção através de financiamento coletivo, a tradicional “vaquinha” entre fãs e amigos, com doações a partir de qualquer valor.

A campanha intitulada “Live das bandas K2 e 2°DP – Ao Vivo da Garagem”, disponível para colaboração na plataforma Kickante.com.br está no ar e já está recebendo colaborações. Atingindo o valor inicial de arrecadação, as bandas farão duas lives na mesma data, com duração de 1h30 cada, com transmissão em alta qualidade de áudio e vídeo, e acesso gratuito a todos pelos canais do Youtube. Outras duas metas de arrecadação ainda garantem mais uma live, em data futura e, ainda, a criação, gravação e produção de uma música single inédita, com as duas bandas.

K2 e 2ºDP são bandas irmãs, que caminham lado a lado há anos, com vozes e guitarra de Pedro Cezar, aka Pedrinho Lumbriga, bateria de Douglas Maiochi, e os baixos de Diego Ávila (K2) e Rafael Moreira (2ºDP). Tendo o rock autoral como vertente principal, com recentes circulações internacionais, o K2 apresentará na live músicas dos quatro discos já lançados durante a carreira. Já o 2ºDP, que defende a música brasileira na cena noturna em casas de shows e eventos, garante releituras de clássicos, que vão de Gilberto Gil a Paralamas do Sucesso, além de composições autorais no mesmo estilo. 

A partir de qualquer valor em cartão de crédito ou boleto, e até de maneira totalmente anônima, os interessados em apoiar a campanha deverão acessar o link www.linktr.ee/aovivodagaragem, a partir de um computador ou celular, e clicar na “vaquinha online”. A partir daí são apenas três passos simples e seguros para fazer a doação. 

A causa
Para os músicos, que têm nas artes e na produção musical a principal fonte de renda, a ideia de um financiamento coletivo foi a saída encontrada para atenuar a crise financeira que assola o setor cultural desde a implementação necessária de medidas de isolamento social. O setor deve sofrer uma perda de R$ 46,5 bilhões apenas este ano, segundo a Fundação Getúlio Vargas.

“Tentamos algumas parcerias e também inscrevemos esse projeto mais de uma vez em editais locais e nacionais, como não obtivemos sucesso decidimos tentar fazer por conta própria com essa campanha de financiamento coletivo, estamos otimistas”, comenta Diego Ávila.

Para otimizar os custos de produção, as bandas decidiram realizar as lives da garagem da casa do baterista Douglas, em São Paulo-SP, um ambiente intimista, seguro e que também promete uma uma atmosfera inédita, com cenário de ensaio e repertórios dos grandes shows aconteceram até aqui. As lives terão transmissão de alta qualidade com equipe profissional. 

“Fazer uma live é um tipo de produção de show diferente e os bastidores ainda são desconhecidos para a maioria do público. O valor que arrecadarmos nos ajudará a cobrir o deslocamento dos integrantes que moram em Poços e outros em São Paulo, e irá garantir a melhor qualidade de som e imagem para os espectadores”, comenta Rafael Moreira.

A divulgação da campanha também é outra forma de colaborar: acesse as redes sociais @bandak2 e @banda2dp e compartilhe sobre a vaquinha com seus amigos.

Serviço:
“Live das bandas K2 e 2°DP – Ao Vivo da Garagem” 20/09, pelo Youtube
Vaquinha online – www.linktr.ee/aovivodagaragem




Comentarios está fechado.