‘Chope Solidário’ é adiado devido à Lei Seca

Seguindo as determinações da Onda Roxa do Governo de Minas e da Lei Seca decretada pela Prefeitura de Poços de Caldas, o 2º ‘Chope Solidário’ foi adiado para uma nova data, que ainda será divulgada pelos organizadores da ação social.

Prevista para acontecer no dia 6 de abril, em sistema de drive-thru, a iniciativa consiste na troca de 1 litro de chope por 2 ou mais quilos de alimentos não-perecíveis, com o objetivo de ajudar famílias carentes.

“Infelizmente tivemos que adiar o ‘Chope Solidário’, que já estava programado e organizado para acontecer com total segurança e que com certeza ajudaria centenas de pessoas que passam pelas mais diversas dificuldades”, lamenta a equipe organizadora, composta pela Cervejaria Gonçalves e pelo River Bloco. 

Para este ano, a meta é atingir ao menos 5 toneladas de alimentos, além de agasalhos em bom estado de conservação e limpeza. “Esperamos divulgar a nova data o mais rápido possível e poder contar com a participação da população.”

A segunda edição do ‘Chope Solidário’ tem o apoio de Fonseca Supermercados, Supervale Supermercados, Trenna Engenharia, Start Outdoor, Doces Tatitânia, Mundiart Produtos Químicos, DNA Vídeo Produções, Rei Sign Comunicação Visual, Gelo Fácil, Toka Stone Acabamentos, Stamp Sua Ideia, Luiz Flores e Filhos, Juliano Silva Comunicação & Eventos, Queijos Bandeira, Tecnoimports e Carvalho & Guerra Corretora de Seguros, além do apoio institucional da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas. 

Comentarios está fechado.