COMPOSIÇÃO FERROVIÁRIA 2020 – Começa em março!


Cinco grandes atrações movimentam o 7º ano do projeto

As manhãs de domingo voltam a ser palco de grandes atrações musicais em Poços de Caldas. Começa em 29 de março o Composição Ferroviária com o Viola Perfumosa – grupo que faz homenagem à Inezita Barroso com canções que fizeram parte da trajetória da folclorista.

Será o sétimo ano do projeto, com 30 edições desde 2014. Neste ano, além do Viola Perfumosa, mais quatro atrações estão confirmadas: Telo & Rodrigo Borges, Mônica Salmaso, Paulinho Pedra Azul e Vanessa Moreno. “Todos os anos é o mesmo desafio: elaborar o projeto, ir à procura de patrocinadores, cumprir as formalidades necessárias. Mas a cada ano nos empenhamos mais para trazer novas atrações e manter a qualidade que temos oferecido ao nosso público – que é exigente e muito participativo”, diz Wolf Borges, produtor. O projeto tem o objetivo de valorizar dois grandes patrimônios mineiros: a música e a tradição do trem de ferro. Outras duas cidades (Itaúna e São Lourenço) também recebem o projeto em suas estações ferroviárias.

A primeira atração, o VIOLA PERFUMOSA, é formada por três expressivos “cantautores” contemporâneos: a mineira Ceumar, o violoncelista carioca Lui Coimbra e o violeiro Paulo Freire, paulista. Lançam no projeto o CD de mesmo nome que homenageia a presença feminina na música sertaneja de raiz através de Inezita Barroso. No repertório, sucessos como “Luar do Sertão”; “Tamba-Tajá“; “Índia” ganham roupagem camerística que une viola caipira, violoncelo, rabeca e alfaias e se mesclam à Villa-Lobos. Inezita, cantora, atriz e pesquisadora, atravessou as últimas seis décadas como a mais importante voz na defesa da música popular e do folclore brasileiro. A cantora Ceumar já esteve presente no Composição Ferroviária em 2015, trazendo um dos maiores públicos em sua edição. Lui Coimbra e Paulo Freire são artistas de referência em seus segmentos.

Para a abertura, que sempre traz um artista regional, o projeto apresenta Gabriel Sá, no show baseado no EP “Tarja Preta”, lançado recentemente. Gabriel Sá traz canções autorais, declamações e releituras de Cartola e Chico Buarque.

O projeto Composição Ferroviária é viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de MG e todas as suas edições são realizadas com entrada franca. Tem o patrocínio do DME, Newbread, Intercast e o apoio de empresas locais como Cristais Cá D’oro, Restaurante Let´s Eat e Hotel Ibis.

Serviço:

Composição Ferroviária apresenta

Viola Perfumosa com abertura de Gabriel Sá

29 MAR | DOMINGO | 10h da manhã | Estação Mogyana/Fepasa de Poços de Caldas

Entrada Franca




Comentarios está fechado.