Composição Ferroviária apresenta Mônica Salmaso

Neste domingo, dia 5 de setembro, a primavera desponta no palco do Composição Ferroviária com o show de Mônica Salmaso, com abertura de Wolf Borges e Zé Helder. A apresentação será às 10h, no YouTube https://bityli.com/UmicF

Mônica Salmaso iniciou sua carreira na peça “O Concílio do Amor”, em 1989. Em 1995, gravou o disco “Afro-Sambas”, um duo de voz e violão com Paulo Bellinati, incluindo todos os afro-sambas de Baden Powell e Vinícius de Moraes. Em 1997, foi indicada ao Prêmio Sharp como revelação na categoria MPB. Lançou “Trampolim”, em 1998, e “Voadeira”, um ano depois, com o qual ganhou o prêmio APCA. O quarto CD, “IAIÁ”, nasceu em 2004, seguido por “Noites de Gala, Samba na Rua”, de 2007, com músicas de Chico Buarque. Com o CD “Alma Lírica Brasileira”, com Teco Cardoso e Nelson Ayres, lançado pela Biscoito Fino em 2011, recebeu o 23º Prêmio da Música Brasileira, na categoria Melhor Cantora.

Seu penúltimo CD, “Corpo de Baile” (2014), com músicas de Guinga e Paulo César Pinheiro, recebeu quatro indicações ao Prêmio da Música Brasileira, das quais venceu duas – melhor cantora MPB e melhor canção. Em 2017 lançou o álbum “Caipira” que recebeu elogios da crítica especializada e ganhou os prêmios de Melhor Álbum e Melhor Cantora – Categoria Regional no 29º Prêmio da Música Brasileira. Tem sido convidada regularmente para ministrar aulas em festivais no Brasil e exterior. 

A gravadora Biscoito Fino acaba de lançar no Brasil o CD gravado na turnê pelo Japão com o Guinga em 2019 e dentre as atividades de 2021 terá a continuação da turnê nacional do CD Caipira. Em março de 2020, Mônica inicia os vídeos Ô de Casas, não como um projeto, mas sim como uma forma de promover encontros virtuais com os amigos no inicio da pandemia, batizados por ela como “Encontros quentinhos de des-isolamento responsável”, que seguem até hoje.

Para o Composição Ferroviária Mônica produziu especialmente um show com canções de Edu Lobo, com a participação dos músicos Paulo Aragão e Teco Cardoso.

A abertura do show de Mônica Salmaso será feita pelo cantor e compositor (e também produtor do projeto) Wolf Borges acompanhado pelo violeiro Zé Helder. Wolf Borges é uma referência na produção artística e cultural da região, lançando este ano o 8º CD comemorando seus 40 anos de carreira musical. Zé Helder integra as bandas Matuto Moderno e Moda de Rock, tendo excursionado com estes trabalhos por todo o Brasil, Estados Unidos, Argentina, México e Canadá.

O projeto Composição Ferroviária é viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e tem o patrocínio do DME, Intercast e Doces São Lourenço.

Serviço:
Show de Mônica Salmaso. com abertura de Wolf Borges e Zé Helder
Dia 5 de setembro, domingo, as 10h da manhã

Comentarios está fechado.