Flipoços Clássicos traz Pilar Del Rio e Nélida Piñon

O novo projeto que contará com quatro programas temáticos virtuais do Flipoços – Festival Literário Internacional de Poços de Caldas ao longo do ano, terá início em abril, dias 28 e 29 com uma programação que vai desde a homenagem aos noventa anos de Augusto de Campos até Platão, e passando por Camões e Saramago. Nesse ponto o Flipoços Clássicos terá a alegria de receber a jornalista Pilar del Rio pela primeira vez no Festival juntamente com a também ilustre participação e habitué do Festival, escritora Nélida Piñon.


O encontro entre as amigas acontecerá dia 29 de abril às 15h na Mesa “De Camões a Saramago, uma viagem entre dois tempos” com mediação de Gisele Ferreira. A transmissão gratuita vai acontecer na redes sociais do Flipoços (Youtube e Facebook) e com retransmissão nos parceiros: Nós Educação; Município de Óbidos (Portugal); Publishnews; The Book Company (Portugal); Elicer (Festival do Cerrado); Museu da língua Portuguesa (SP); Podcast Rabiscos; Resenhando e Secult Poços. Patrocínio Cultural do Clube de Literatura Clássica.


Para quem não sabe, Pilar del Rio foi a companheira por 24 anos de José Saramago, o grande escritor português, único Nobel de Literatura de língua portuguesa. Eles se conheceram quando ele tinha 64 anos e ela 36. Fascinada pelas obras do autor português, em especial, pelo livro O Ano da Morte de Ricardo Reis, de 1984, Pilar foi para Lisboa saber quem era aquele escritor de escrita fina e encantadora. Se conheceram em 1986 e foram viver juntos em 1990. De lá para cá, o amor explícito entre o casal foi a essência da vida dos dois que viveram um relacionamento típico dos «contos de fadas», até sua morte em 2010.


A partir de então Pilar leva como missão difundir e perpetuar a memória e as obras do marido mundo afora. Pilar del Río nasceu em Sevilha, Espanha, tem nacionalidade portuguesa e sente-se latino-americana. Atualmente é
presidente da Fundação José Saramago, com sede em Lisboa. Junto com Pilar, Nélida Piñon amiga de longas datas traçará um paralelo sobre a vida e obra de Luís de Camões (1524-1580), cujo personagem a escritora brasileira é apaixonada, ao ponto de ter em se escritório uma estátua do autor português. O amor de Nélida Pinõn por Luís de Camões, Portugal, pela Língua Portuguesa, Literatura Portuguesa e suas Histórias, resultou ano passado no lançamento do festejado romance épico “Um dia chegarei a Sagres”. Nélida escritora premiada nacional e internacionalmente e imortal da Academia Brasileira de Letras, nos lega uma vastíssima obra com mais de 40 livros publicados dentre eles a República dos Sonhos, O livro das horas, Uma furtiva lágrima, alguns dos mais destacados.


O encontro inédito entre as amigas e autoras será um momento especial do Flipoços Clássicos onde juntas vão transportar os ouvintes a uma viagem entre os mundos de dois dos mais importantes escritores portugueses de todos os tempos.


Acompanhe também os outros ciclos temáticos: Flipoços Verde, Flipocinhos Educação e Flpoços Noir e ainda fique ligado no Flipoços Virtual 2021, com a temática «Literatura, Design e Tecnologia, a nova década em suas mãos» que vai acontecer em julho. Acesse o site www.flipocos.com Para mais informações os interessados podem entrar em contato pelo (35) 3697 1551 na GSC Eventos Especiais, Poços de Caldas.

Comentarios está fechado.