História das Thermas Antonio Carlos e espetáculo de vídeo-dança são destaque do “Poços Curte em Casa”

Nesta sexta-feira (31), às 19h, será liberado no canal do festival “Poços curte em casa” o documentário “Poços Cultural: a educação patrimonial valorizando a história, a memória e a identidade local”, que conta a história das Thermas Antonio Carlos. Todo o conteúdo do festival está disponível no Youtube (pelo link https://bit.ly/2CGLOt0 ou pelo @pocoscurteemcasa).

Apresentado por Érica Cristina dos Anjos Correia, o vídeo foi produzido de maneira dinâmica e interativa, apresentando o patrimônio histórico, natural e arquitetônico das Thermas Antonio Carlos. A proposta tem caráter informativo e foi desenvolvida dentro da metodologia da educação patrimonial. A Thermas Antonio Carlos foi o patrimônio escolhido por conta de sua relevância na formação histórica de Poços de Caldas, fazendo-se indispensável para o entendimento da construção sociocultural da cidade.

Ainda nesta sexta-feira, a partir das 18h, tem a estreia do espetáculo “Dança e Poesia”, com coreografia e direção do bailarino e coreógrafo Nando Gonçalves. A montagem propõe transformar as músicas e os poemas por meio dos pés, mãos e todo o corpo dos três bailarinos que participam do espetáculo: Isabela Miguel Siqueira Viana e Raphaela dos Santos Ferreira, além de Nando Gonçalves.

Canções consagradas de Oswaldo Montenegro e Zé Alexandre, Elis Regina, Chico Buarque e Caetano Veloso integram o repertório, com coreografias intercaladas por poemas recitados pelos próprios bailarinos. A experiência de vídeo-dança foi gravada no palco do Teatro Benigno Gaiga, no Espaço Cultural da Urca.

Comentarios está fechado.