Projeto ‘As Minas de Minas’ ressalta o trabalho de mulheres artistas

Vai ao ar neste domingo (7), às 20h, o material audiovisual As Minas de Minas’ que foi contemplado no edital de premiação Arte Salva da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais. A proposta busca difundir a diversidade de expressões artísticas desenvolvida por mulheres que a cada dia se reinventam e se apresentam sob diversas linguagens, fortalecendo o cenário cultural de cidades do interior. Integra também a programação de atividades da MIA (Mostra Integrada de Artes) que vem desenvolvendo uma série de ações continuadas com o objetivo de fomentar a arte e a cultura. 


Idealizado pela produtora cultural Chiara Carvalho, ‘As Minas de Minas’ evidencia o trabalho cultural que vem sendo realizado por mulheres no Sul de Minas, notadamente na cidade de Poços de Caldas, nas mais diversas vertentes, com o objetivo de garantir a divulgação e difusão de trabalhos de artistas que estão em busca de espaço na cena cultural, além de propagar a acessibilidade cultural ao reconhecer a relevância da contribuição de cada uma delas para a sociedade como um todo. 


Foram convidadas para participar deste trabalho as artistas e produtoras: Ana Maria de Paula Cruz (cultura popular), Fernanda Dearo (música e teatro), Francielle Rezende (literatura), Gabriela Acerbi Pereira (produção cultural), Giulianne Martins (fotografia), Larissa Freitas (artes visuais/produção cultural), Leidy Nara (teatro e dança) e Yashminy Colares (artes plásticas). 


Segundo Chiara Carvalho, “o país e o mundo vivenciam um momento bastante delicado para a realização de produções artísticas e para a valorização de trabalhos culturais, principalmente para aquelas que estão fora da grande mídia. Assim, a ideia é enaltecer essas mulheres artistas, criando também mecanismos que possam vir a abrir as portas para formação de público e divulgação de seus trabalhos, contribuindo positivamente para fomentar o setor cultural do interior do Estado de Minas”.


A intenção é que o projeto continue se fortalecendo e buscando mecanismos de apoio para promoção de suas ações continuadas, como oficinas, apresentações, exposições, rodas de conversas e outros conteúdos audiovisuais. 


A criação de novas ferramentas com o condão de produzir e propagar a arte no cenário atual, notadamente dos trabalhos desenvolvidos por mulheres, é cada vez mais essencial para valorizar o potencial artístico do Sul de Minas, promovendo a troca de experiências e novas oportunidades de trabalho. Deste modo, o impacto resultado deste material certamente irá atingir muitas pessoas. 


Acompanhe essa e outras ações nas redes sociais @mia.mostradeartes. 

Comentarios está fechado.