Mostra Integrada de Artes (MIA) ocorre em Poços com mais de 70 horas de programação

Programada para ocorrer entre os dias 24 de agosto e 01 de setembro, a primeira Mostra Integrada de Artes, a MIA, ocorre pela primeira vez em Poços de Caldas e mescla música, teatro, cinema, fotografia, moda, literatura, dança contemporânea, artes plásticas, gastronomia, economia e escrita criativa em mais de 70 horas de programação e cerca de 60 convidados. Com o tema “A peculiaridade de Minas Gerais com a diversidade brasileira”, todas as atividades, que ocorrerão em diferentes espaços da cidade, são gratuitas. A realização, bem como a direção geral, é de Chiara Carvalho, gestora cultural.

 

Para esta primeira edição, artistas da região devem protagonizar o evento e, além dos que vivem em Poços de Caldas, foram convidados também artistas mineiros de Três Pontas, Varginha, Alfenas, Andradas, Santa Rita do Sapucaí e até Campinas e Mogi-Guaçu, no interior de São Paulo. A proposta busca, para além de oferecer arte e cultura, é promover Poços de Caldas como um destino turístico ideal.

 

Conforme conta a idealizadora do MIA, Chiara Carvalho, a ideia é unir a cultura em suas mais variadas vertentes e explorar diferentes formatos e espaços, descentralizando o acesso e permitindo que diferentes áreas dialoguem entre si.

 

“Pensamos um evento que tenha relevância e qualidade artística. Nossa ideia foi unir as mais diferentes formas de arte e valorizá-las, através de uma conexão até então inédita. Sendo assim, durante 9 dias, moradores e turistas poderão interagir com a arte em diferentes espaços como cafés, praças, pontos turísticos, entre outros”, comentou.

 

Entre os destaques que já podem ser anunciados pela programação está o Talk Cultural, com convidados locais e de fora, que vão contar as experiências que tem com moda, música, economia criativa, graffiti, artes plásticas, teatro, entre outros.

 

Uma das grandes atrações da Mostra será o show da multi-instrumentista Carol Panesi, vencedora do Prêmio Profissionais da Música 2018 na categoria autora e vencedora do Prêmio MIMO Instrumental 2018, que gravou CDs, DVDs e dividiu o palco com grandes nomes do cenário musical brasileiro e internacional, dentre eles Hermeto Pascoal e Edu Lobo.

 

Ao longo das próximas semanas, mais detalhes sobre os convidados serão divulgados.

 

 

Sobre a MIA

O evento é realizado por Chiara Carvalho, gestora cultural, viabilizado pelo edital para concessão de patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, com apoio da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas. Há, também, parceria com empresas da cidade e apoio do Poços de Caldas Convention & Visitors Bureau, Instituto Moreira Salles (IMS Poços), Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, Atelier Obra 255, New York PUB e Espaço Cultural Ziriguidum.

 

A Mia conta com coordenação geral do músico Breno Scalla Oliani, tendo, ainda, como equipe de curadores Eduardo Sueitt (música), Luciana Faria (fotografia), Fábio Guedes (artes plásticas) e Marcelo Leme (audiovisual).

 

Mais informações: https://bit.ly/2L60jJw

 

 

A multi-instrumentista Carol Panesi é um dos destaques da MIA. Foto: Priscila Prade

 

 

 

Comentarios está fechado.