Wolf Borges lança novo disco intitulado “Qual a menor unidade do amor?”

Wolf Borges é um artista sulmineiro de várias habilidades – cantor, compositor, letrista, poeta, roteirista e produtor cultural. No próximo dia 20 de Junho lança, na Urca, seu sexto CD, seguido de turnê de shows. Outas duas cidades receberão o show de lançamento, como Brazópolis (22, sábado) e Paraguaçu (23, domingo).

 

Todo o trabalho de Wolf é permeado pela música brasileira e seus diversos ritmos, mas também pela música do mundo que entrou na sua vida pelas ondas do rádio. Outras inspirações mais caseiras influenciam seu trabalho, como o Clube da Esquina. A propósito disto nasce o nome do novo CD – Qual a menor unidade do amor? – canção composta com Tavito, integrante do Clube, que nos deixou em fevereiro, durante as gravações. Tavito é homenageado também com uma faixa bônus onde canta a canção – gravação que fez para mostrar ao Wolf a nova parceria – registro inédito do artista que será lançado agora para seu público. Outras parcerias compõem o trabalho, como as faixas Estação Brasileira e Catavento, feitas com Simone Guimarães e ainda Centelha de cor, com Elder Costa. Todas as canções são autorais e inéditas, e viajam o Brasil de Norte a Sul – do Carimbó à Milonga, passando pelo Frevo, Xote, Maracatu, Congada, Ijexá, Samba e, numa licença quase poética, traz uma balada com solos de guitarra temperados à George Harrison (pelo guitarrista César Bottinha) na faixa Muito pelo contrário.

 

Para este trabalho contou com a produção de Deivid Santos, também violonista, baixista e responsável pelos arranjos ao lado de Albano Sales, pianista. Também participa das bases o percussionista Emílio Martins. Outros talentos brasileiros contribuem para a sonoridade exemplar do trabalho, como Toninho Ferragutti (acordeon), João Paulo Amaral (viola), Alexandre Ribeiro (clarinete), Rodrigo Mendonça (flauta), Lui Coimbra (cello), Gustavo Monteiro (violino), Ney Conceição (baixo). As participações especiais vocais contam com Simone Guimarães, cantando suas parcerias com Wolf; Titane, que declama e vocaliza em Tirana do povo; e Jucilene Buosi, que divide com Wolf a faixa Histórias de amor além dos vocais em diversas canções.

 

Para o show de lançamento do CD Wolf leva para o palco a sonoridade que imprimiu no trabalho, contando com os talentos de Deivid Santos, Albano Sales e Eduardo Sueitt (bateria) além das participações especiais de Jucilene Buosi e Alexandre de Almeida (guitarra).

 

São 35 anos de carreira, cinco discos autorais, um disco onde interpreta clássicos mundiais e ainda a produção de vários CDs de artistas mineiros, a produção do primeiro documentário de longa-metragem sobre a música do Sul de Minas (Falsete, 2016) e diversos projetos artísticos que vão de livros a projetos artísticos como o Composição Ferroviária, que há 6 anos traz para Poços de Caldas o melhor da Música Popular Brasileira.

 

Serviço:

Lançamento do CD “Qual a menor unidade do amor?”, de Wolf Borges

Quando? 20 de Junho, quinta-feira (Feriado de Corpus Christi) – 21h

Onde: Espaço Cultural da Urca, Teatro Benigno Gaiga

 

Comentarios está fechado.

Redes Sociais

Twitter

Parceiros