Wolf Borges une-se a grandes nomes da música brasileira num chamado em prol das artes

Março trouxe o não às artes. Apagou-se o palco, silenciaram-se os aplausos e os espaços de encontro. A Arte, a Cultura, a Amazônia, o Pantanal… são forças vivas que precisam de preservação e cuidado para florescerem e não se incendiarem. Mas e os artistas? Ah, os Artistas foram os primeiros a “nunca” parar. Eles se reinventaram, juntaram suas ideias e seus ideais, ocuparam espaços virtuais tentando manter acesa a esperança de que tudo vai passar.

Como neste trabalho colaborativo, iniciativa do cantor e compositor Wolf Borges, de Minas Gerais. Seu convite juntou nos últimos 7 meses, a sua voz com a de Claudio Nucci, Simone Guimarães, Sergio Santos, Ceumar e Jucilene Buosi. Para o instrumental convidou Ivan Vilela, Marco Lobo, Serginho Silva, Albano Sales, Deivid Santos e Raphael du Valle. Estes 12 brasileiros se reuniram nesse chamado para entoar um “Canto para manter viva a nossa arte”.

O resultado deste trabalho será lançado neste domingo, dia 11 de outubro, pelo YouTube, Instagram e Facebook – redes sociais que substituíram os palcos durante a pandemia e que deverão cada vez mais fazer parte da agenda cultural mundial, mesmo depois de passada a pandemia.

Acompanhe:

Youtube (divulgação): https://youtu.be/FKfG4VQi-uo

YouTube (lançamento 11.OUT | 10h): https://youtu.be/7qwFWp-Sq4A

Instagram: https://www.instagram.com/wolfborges_oficial/

Facebook: https://www.facebook.com/wolfborges



Comentarios está fechado.